5 Dicas Para Treinar As Pernas Sem Passar Dores

As dores depois dos treinos é uma situação incomoda e muito frequente no caso. Porém, existem algumas medidas que podem ser tomadas para que se possa reduzir essas dores e até mesmo evitar que elas sejam tão intensas. Hoje você irá descobrir como treinar as pernas sem passar dores depois.

O treino de pernas é um dos que mais impactam negativamente o dia a dia quando resultam em dores. Subir e descer escadas após um dia de treino intenso dos membros inferiores pode ser uma tarefa complicada e dolorosa.

Mas, existem algumas coisas que você pode fazer para evitar e diminuir esse incomodo. Confira a seguir.


É possível treinar as pernas sem passar dores

Existe um tipo de dor na academia que acontece naturalmente. Essa dor é a reação do ácido lático produzido pelos músculos quando suas fibras são danificadas em decorrência do esforço físico. A dor pós academia é sinal de que o seu músculo foi realmente exercitado. As dores depois do treino significam que seu músculo recebeu um estímulo superior ao que estava acostumado e dessa forma poderá se reconstruir e assim crescer e ficar mais forte.

Não há motivos para se preocupar com essa dor, já que ela é decorrente de uma ação natural do corpo. Ela vai diminuindo a cada dia e seu corpo logo se acostumará e estará pronto para avançar de nível na musculação. Porém, mesmo que essa dor não seja preocupante e nem sinal de problemas maiores, ela pode ser muito incomoda.

Quem treina a mais tempo sabe que essas dores pós treino são normais, mas que podem ser evitadas e diminuídas. Quando se trata do treino de pernas essas dores podem ter impacto no dia a dia. O que não pode acontecer é você se prejudicar em decorrência dessas dores. Por isso, criamos uma lista com dicas preciosas para você treinar as pernas sem passar dores.

Como evitar e diminuir as dores nas pernas depois do treino?

  • Alongamento

  • O alongamento antes do treino ajuda a aquecer as articulações e aumentar o espaço entre as fibras dos músculos. Alongar-se pode tanto prevenir as dores provenientes de lesões, quanto diminuir o desconforto natural pós treino.

  • Alimentos

  • A ingestão de alguns alimentos anti-inflamatórios também pode auxiliar a treinar as pernas sem passar dores. Gengibre, açafrão, nozes, linhaça e abacate são alguns alimentos que possuem propriedades que ajudam a minimizar as dores. O ômega 3 também possui ação anti-inflamatória, por isso alimentos ricos nesse nutriente podem ser ingeridos após os treinos.

  • Gelo

  • Se você treinou e está sentindo uma dor muito intensa, o gelo pode ser uma forma de aliviar a inflamação e trazer uma sensação de bem estar. O gelo alivia dores musculares e possui ação analgésica, porém não tem um efeito duradouro.

  • Execução dos movimentos no treino

  • A execução dos exercícios do treino para as pernas deve ser adequada. Realizar um exercício descompensado ou mal alinhado pode causar uma sobrecarga em algum músculo e contribuir para que as dores apareçam com mais intensidade. Por isso, sempre procure a instrução de um professor antes de realizar um exercício para as pernas, principalmente se for no peso livre.

  • Treine com regularidade

  • Quanto mais você treinar e frequentar a academia, menos as dores irão te incomodar. As dores são passageiras e você logo irá perceber que elas fazem parte em alguns momentos dos treinos. Você pode evitar treinar as pernas sem passar dores investindo na regularidade de seus treinos.


    Treinando e avançando em seus objetivos

    Treinar as pernas sem passar dores é possível, mesmo sabendo que em alguns momentos ela pode ser inevitável. Essas dicas Irão lhe ajudar a treinar com menos dores nos dias seguintes.

    E se você quer expandir seu repertório de treino para as pernas, experimente baixar o APP da Pratique Fitness, são milhares de aulas e exercícios disponíveis para auxiliar você em seus treinos. Confira.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here