Treino Para As Pernas: Acabe Com As Dores

O treino para as pernas é essencial na rotina na academia. Os músculos da parte inferior do corpo auxiliam na sustentação e equilíbrio, além de serem muito importantes para a nossa mobilidade.

Porém, existem treinos para as pernas que causam muitas dores e algumas pessoas sofrem com o pós-treino. Você sabe por que isso acontece e como evitar essa reação? Hoje iremos falar um pouco sobre o treino para as pernas e as dores.

Se você treina e quer acabar com as dores, confira o conteúdo a seguir.


Treino para as pernas e as dores pós treino

As dores no dia seguinte da academia podem ser um grande incomodo. Principalmente para os iniciantes, a dor nos músculos pode ser recebida com surpresa ou até preocupação. Porém, a dor depois dos treinos é uma consequência natural do corpo, que está procurando se recuperar dos “danos” sofridos, principalmente no treino para as pernas.

Quem nunca teve dificuldade de subir uma escada após um treino de perna? Acontece que o crescimento muscular ocorre após levarmos nosso músculo ao limite. Com isso, as fibras musculares se rompem em certo nível, causando micro lesões que o corpo se encarregará de curar, tornando o músculo mais forte e maior.

A formação das novas fibras musculares pode causar dor pela liberação do ácido lático, ação completamente normal do corpo. As dores depois do treino, significam que seu músculo recebeu um estímulo superior ao que estava acostumado e dessa forma poderá se reconstruir e isso significa que ele irá crescer e ficar mais forte.

Como evitar as dores após o treino de perna

  • De olho na alimentação

  • A ingestão de alguns alimentos anti-inflamatórios também pode auxiliar a evitar dores depois dos treinos. Gengibre, açafrão, nozes, linhaça e abacate são alguns alimentos que possuem propriedades que ajudam a minimizar as dores. O ômega 3 também possui ação anti-inflamatória, por isso alimentos ricos nesse nutriente podem ser ingeridos após os treinos.

  • Alongamento antes e depois do treino

  • O alongamento dos músculos antes e depois dos treinos pode ajudar a evitar dores. Isso acontece porque ao alongar os músculos eles expandem suas fibras, que poderão receber mais estímulos antes de começarem a doer. Além disso, alongar traz bem estar e diminui as dores musculares já presentes.

  • Execução bem feita

  • A execução dos exercícios do treino para as pernas deve ser adequada. Realizar um exercício descompensado ou mal alinhado pode causar uma sobrecarga em algum músculo e contribuir para que as dores apareçam com mais intensidade. Por isso, sempre procure a instrução de um professor antes de realizar um exercício para as pernas, principalmente se for no peso livre.

    Essa é uma medida bem simples para diminuir as dores depois do treino para as pernas.

  • Gelo

Se você treinou e está sentindo uma dor muito intensa, o gelo pode ser uma forma de aliviar a inflamação e trazer uma sensação de bem estar. O gelo alivia dores musculares e possui ação analgésica, porém não tem um efeito duradouro.


Quanto mais treino menos dores?

As dores após treino para as pernas podem ser passageiras. O ideal é entender que as dores, em certo nível, fazem parte e são uma reação natural. Mas, atente-se para dores acima do normal pois você pode estar sobrecarregando os seus músculos acima do ideal.

Quer descobrir novos exercícios para os treinos de perna? Então confira as aulas exclusivas no APP da Pratique Fitness. Lá você encontra aulas preparadas por professores profissionais e pode realizar os exercícios em qualquer lugar. Baixe agora e confira essa novidade.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here