Pratique em Casa

Exercícios físicos e imunidade

O professor e vice-presidente do CREF1 André Fernandes recomenda a prática de atividade física mesmo que em casa. Contudo, alerta para que aja a orientação de um profissional de Educação Física, assim você garante segurança ao praticar exercícios físicos e imunidade.

exercícios físicos e imunidade

Smiling sporty black man listening to music and doing morning exercises in park. Young Afro American sportsman stretching hand and deltoid muscle. Fitness and street workout concept

O vice-presidente ainda acrescenta que é preciso ter certeza de que o profissional tem o registro profissional no CREF (Conselho Regional de Educação Física).

Muitos estudos já foram desenvolvidos para comprovar a relação dos exercícios físicos e imunidade. Desse modo, trouxemos alguns estudos, para que você possa compreender a importância da atividade física para a sua saúde.

Relação dos exercícios físicos e imunidade

O Cardiologista e Médico do Esporte Ricardo Stein publicou um artigo, sobre a atividade física e a saúde pública. Onde citou que existem evidências de que ao exercitar-se a pessoa muda de postura, ou seja, procura mudar seus hábitos para uma vida mais saudável.

Em seu artigo, o Cardiologista ainda informa que para otimizar o exercício físico é preciso uma avaliação médica antes de iniciar a prática. Logo, com um processo organizado a prática tem a capacidade de reduzir fatores de riscos.

Um estudo realizado com 11 atletas observou que eles ficaram doentes menos vezes no ano. Assim, também foi possível verificar que a prática de exercícios quando o atleta esteve doente não prejudicou a sua saúde.

O objetivo foi examinar a restrição da prática em dias de doença, onde foi possível comprovar que os exercícios trazem melhora para a função imunológica. Além disso, reduz o risco de doenças cardiovasculares.

No ano de 2019 foi publicado um estudo com 6 camundongos (Cada experimento dividido em três grupos), onde foram submetidos a prática de exercícios por 7 semanas.

Em seguida, os mesmos foram infectados com T. spiralis e continuaram a prática de exercícios por 7 semanas adicionais.

Em conclusão, o experimento comprovou que a prática de exercícios não aumentou os riscos de infecções oportunistas, pelo contrário, reduziu os riscos.

Os resultados obtidos pode ter relação com as respostas imunes ao antígeno. Dessa maneira, o sistema imunológico produz uma substância chamada, anticorpo para atuar contra o antígeno.

De acordo com a ciência, é notória a relação dos exercícios físicos e imunidade. Entretanto, você deve ficar atento a algumas recomendações antes de iniciar a prática de exercícios.

atividade físicaRecomendações para prática de atividade física

Se você está no grupo de pessoas sedentárias deve ir com calma, desse modo, não é correto iniciar uma rotina cansativa de exercícios.

Vale ressaltar mais uma vez a importância da orientação de um profissional. Para que você consiga se beneficiar dos exercícios físicos e imunidade.

O professor Átila Alexandre Trapé da EEFERO, participou de um estudo em parceria com universidades e professores da Europa e América Latina. O professor da Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto da USP, juntamente com outros profissionais observaram que:

  • Pessoas que já eram ativas fisicamente antes da quarentena, possuem sintomas mais leves quando sofrem de ansiedade, estresse e mudança de humor.
  • Pessoas que estão realizando os exercícios físicos durante a quarentena apresentam resultados melhores.

Enfim, além da relação dos exercícios físicos e imunidade, a prática das atividades também melhora a saúde mental.

X