Pratique em Casa

MALHAR DEPOIS DO ALMOÇO

 

Uma dúvida frequente entre iniciantes da musculação diz respeito ao horário do treino. O que as pessoas intentam fazer é encaixar a malhação a sua rotina diária e não há nenhum problema nisso. Mas, e quanto a malhar depois do almoço? Digo: há um tempo necessário entre a refeição e o treino?

Na verdade não existe um momento ideal para o treino. Então cada pessoa pode escolher livremente entre seus horários disponíveis. A maioria das pessoas pratica atividades físicas bem no começo ou no final do dia. Mas isso não é regra e existe uma parcela significativa da população cujo única hora vaga é a do almoço.

Justamente essas pessoas tem grande interesse em entender a relação entre o horário das refeições e do treino. Malhar antes ou depois do almoço? O que é melhor? O que posso comer? E quanto aos líquidos? Tentamos elencar algumas dicas que poderão te ajudar a responder essas questões.

 

DICAS E ORIENTAÇÕES

malhar depois do almoçoNão horário certo para malhar: já dissemos isso acima, mas vale destacar. Se este é seu único horário disponível, encare. Apenas siga as dicas que se seguem, que você obterá os resultados que almeja. Acima de tudo, é louvável o esforço para encaixar uma prática de atividade física em seu dia corrido.

  • Faça uma refeição pré e outra pós treino. Divida em duas porções os alimentos de seu almoço, ingerindo uma parte antes e outra depois do treino.
  • Espere pelo menos quarenta minutos: após a refeição pré-treino, faça um intervalo antes de iniciar os exercícios.

Atenção na hora de malhar depois do almoço

  • Atenção ao que come: o ideal para a refeição pré-treino são carboidratos simples que fornecem a energia necessária. Evite alimentos pesados (massas, por exemplo), que deixam o metabolismo lento.
  • Atenção às quantidades: é claro que não é bom se empanturrar antes do treino.
  • Refeição pós-treino: ao encerrar os exercícios, dê preferência a alimentos que vão repor a energia gasta como carboidratos e proteínas (o que auxilia na recuperação muscular).

Perceba que a essência dessas orientações consiste em fazer com que não esteja muito cheio na hora do treino. Se não há outra opção, não sendo possível dividir a refeição do almoço em duas, almoce antes. Neste caso, terá que esperar entre duas e três horas. Então, seu almoço deverá ocorrer mais cedo.

O tempo de intervalo após uma refeição mais leve é bem menor. Se você tem que ir a uma academia, pode significar o tempo do trajeto até lá. Se vai malhar depois do almoço, é preciso que além do cuidado você também procure dar preferência por atividades que não forcem tanto a região abdominal.

Malhar depois do almoço – Diminuir riscos

Com dicas simples, é possível malhar depois do almoço e ainda assim diminuir riscos de prejuízos à saúde. No momento do treino, é importante ter o corpo bem alimentado, mas não extremamente cheio.

Isso porque quando o nosso estômago está cheio os exercícios tem grandes chances de pressionar e sobrecarregar o diafragma, como resultado você pode sentir dor na região, náusea e outros desconfortos. Além do que, acúmulo de material a digerir, deixa o corpo mais lento e mole. É aquela sonolência característica de domingo após o almoço.

Portanto, tanto o estômago que não vê comida a horas quanto o empanturrado são prejudiciais. Como já exposto, é preciso administrar o horário das refeições, mesmo porque o treino não é o único responsável pela melhora na qualidade de vida.

 

Leia também: QUERO ACABAR COM A BARRIGA SEM ACADEMIA

X